Investigadores fazem busca em escritórios do Google em Paris em caso tributário

terça-feira, 24 de maio de 2016 09:40 BRT
 

PARIS (Reuters) - Investigadores franceses fizeram buscas nos escritórios do Google em Paris como parte de uma investigação sobre sonegação de impostos e lavagem de dinheiro, afirmou o escritório da promotoria nesta terça-feira.

As autoridades investigam os escritórios do Google desde o início da manhã no centro de Paris, disse uma fonte no Ministério das Finanças da França. O jornal francês Le Parisien afirmou que cerca de 100 investigadores fazem parte da operação.

Um porta-voz do Google não estava imediatamente disponível para comentar.

França, Grã-Bretanha e outros países têm há tempos reclamado do jeito que o Google, Yahoo e outros gigantes da Internet geram lucros em seus países, mas têm suas bases tributárias em outras nações, onde os impostos sobre empresas são muito menores.

A França busca cerca de 1,6 bilhão de euros em impostos devidos pelo Google, que é criticada pelo uso agressivo de técnicas de planejamento tributário, disse outra fonte do Ministério das Finanças em fevereiro.

O Google anunciou em janeiro que aceitou pagar 130 milhões de libras em impostos devidos à Inglaterra, o que causou críticas de legisladores, que afirmaram que o valor do acordo foi "ridículo" devido ao tamanho dos negócios da empresa gerados no país.