Cabify tem 7 mil candidatos a motorista cadastrados para início de operações em SP

terça-feira, 24 de maio de 2016 15:17 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa espanhola de transporte urbano via aplicativos Cabify anunciou nesta terça-feira que recebeu mais de 7 mil inscrições de candidatos a motorista para início de seus serviços na cidade de São Paulo em junho.

A capital paulista será a primeira cidade brasileira a receber o serviço da Cabify. A chegada da companhia, rival do norte-americano Uber, acontece após a regulamentação dos serviços de aplicativos de transporte urbano por meio de decreto do prefeito Fernando Haddad (PT).

Em entrevista à Reuters em abril, o chefe das operações da Cabify no Brasil, Daniel Velazco Bedoya, afirmou que o cenário favorável trazido pela regulamentação colaborou para o lançamento da empresa no Brasil, país que "tem possibilidade de ser a maior fonte de receita da empresa", afirmou na ocasião.

Os 7 mil candidatos a motoristas da Cabify na capital paulista ainda precisam passar por "uma série de testes comportamentais, de gestão, psicotécnico e treinamentos", informou a companhia.

Enquanto isso, o Uber informou em fevereiro que pretende adicionar no Brasil 50 mil motoristas em seu serviço ante número de cerca de 10 mil cadastrados junto à empresa na época.

Segundo a Cabify, os motoristas cadastrados pela companhia podem obter renda de entre 1 mil e 4 mil reais por mês, tendo como opção dirigirem seus próprios veículos ou "se associarem à empresa como colaboradores. Nesse caso, cabe à Cabify conectá-los com os investidores que fornecerão os veículos".

Na América Latina, a Cabify já atua no México, Peru, Chile e Colômbia. A companhia está iniciando operações, também na Argentina, Panamá e Portugal, mas não citou prazos.

(Por Natália Scalzaretto)