Compra da Dell por US$24,9 bi ficou 22% abaixo do preço justo, diz tribunal dos EUA

terça-feira, 31 de maio de 2016 13:19 BRT
 

WILMINGTON, Estados Unidos (Reuters) - Michael Dell e Silver Lake Partners subvalorizaram em cerca de 22 por cento a fabricante de computadores Dell na compra por 24,9 bilhões de dólares em 2013 e podem ter que pagar dezenas de milhões para investidores contrários à operação, decidiu um tribunal nesta terça-feira.

O valor justo da ação da Dell na época da aquisição era de 17,62 dólares por ação, não o preço de 13,75 dólares por papel, segundo o tribunal.

A decisão ocorreu após vários investidores que votaram contra a operação abrirem processo pedindo para que a justiça determinasse o valor justo da ação da empresa.

Segundo documentos judiciais encaminhados em setembro, cerca de 5,2 milhões de ações da Dell ainda estão elegíveis para avaliação, além dos juros.

Representantes da Dell e o advogado dos acionistas, Stuart Grant, não comentaram o assunto de imediato.

(Por Tom Hals)