Vivendi não precisa de grandes aquisições, diz chairman a jornal

sexta-feira, 3 de junho de 2016 15:27 BRT
 

PARIS (Reuters) - O magnata francês Vincent Bollore disse a um jornal que o grupo de mídia Vivendi não precisa fazer nenhuma grande aquisição, uma vez que tem todos os ativos que precisa para desafiar os participantes dominantes do setor.

"Nós não precisamos fazer quaisquer grandes aquisições", disse Bollore, segundo o Financial Times desta sexta-feira."Se você observar, já temos todas as partes que precisamos".

Bollore, presidente do conselho da Vivendi desde 2014, remodelou o grupo em torno da Universal Music e o negócio de TV paga Canal+ e recentemente obteve o controle da empresa de videogames francesa Gameloft.

A Vivendi também se tornou a maior acionista na Telecom Italia, com uma parcela de 24,7 por cento.

"Estamos em telecomunicações, mas é algo complementar ao conteúdo.. Não queremos nos tornar operadores. Não queremos administrar a Telecom Italia e nunca a administraremos", disse.

(Por Dominique Vidalon)