Regulador interno do Fed estudará monitoramento de cibersegurança em bancos

segunda-feira, 20 de junho de 2016 18:46 BRT
 

(Reuters) - O regulador interno do Federal Reserve pretende estudar quão bem o banco central dos Estados Unidos está monitorando práticas de cibersegurança em instituições financeiras, disse a autoridade monetária nesta segunda-feira.

O escritório de inspeção geral do conselho do Fed pretende divulgar a auditoria no quarto trimestre, disse o escritório em um relatório sobre projetos atuais e futuros.

A chair do Fed, Janet Yellen, deve comparecer perante um comitê do Senado norte-americano na terça-feira e provavelmente receberá perguntas sobre violações de cibersegurança envolvendo o banco central.

Legisladores norte-americanos pediram à unidade do Fed de Nova York informações sobre como ciber criminosos roubaram 81 milhões de dólares de uma conta do Fed de NY detida pelo banco central de Bangladesh.

Legisladores também estão sondando as práticas próprias de cibersegurança do Fed depois de uma notícia da Reuters revelar mais de 50 violações de segurança no Fed entre 2011 e 2015.

"A crescente sofisticação e volume de ameaças de cibersegurança apresentam um risco sério a todas as instituições financeiras", disse o escritório em seu relatório divulgado nesta segunda-feira.

(Por Jason Lange)