Foxconn fechará algumas operações da Sharp no exterior

quarta-feira, 22 de junho de 2016 15:18 BRT
 

TAIPÉ (Reuters) - A Foxconn planeja encerrar operações internacionais caras e redundantes da nova aquisição Sharp e levar ao mercado produtos usando as valiosas patentes e tecnologias da Sharp assim que possível, disse o chefe da maior fabricante de eletrônicos do mundo.

Terry Gou, que fundou a taiwanesa Hon Hai Precision Industry, nome formal da Foxconn, deu as declarações nesta quarta-feira na primeira reunião geral anual da empresa desde o anúncio da compra de dois terços da fabricante de telas japonesa por 3,5 bilhões de dólares.

Gou disse que todos os procedimentos legais para a aquisição serão concluídos este mês e que a nova administração assumirá a Sharp em 1º de julho.

"Nós começaremos no exterior", disse Gou sobre a reestruturação da Sharp. "Estas joint ventures impróprias e de alto custo no exterior, nós as fecharemos para reduzir boa parte de nosso custo operacional, o que levará a preços de venda (de produtos) mais baixos."

Gou disse que a aceleração da transformação de patentes da Sharp em tecnologias que rendam produtos comercialmente viáveis será parte de reestruturação inicial, assim como uma revisão baseada em métricas de toda a equipe da Sharp.

(Por J.R. Wu)