23 de Junho de 2016 / às 22:02 / um ano atrás

Ações financeiras e Apple devem ter peso menor após atualização de índices nos EUA

NOVA YORK (Reuters) - Quando o FTSE Russell atualizar seus índices após o fechamento dos mercados acionários nos EUA na sexta-feira, as ações de centenas de empresas verão um impacto com administradores ajustando seus portfólios para refletir novas considerações nos índices amplamente acompanhados.

No índice de pequenas empresas Russell 2000, as empresas financeiras e de bens de consumo perderão peso, enquanto empresas de matérias-primas e bens de consumo duráveis terão um papel mais forte, de acordo com uma análise preliminar das mudanças esperadas por analistas de Wall Street.

No índice de grandes empresas de capitalização Russell 1000, a mudança mais notável provavelmente será a Apple, cujas ações podem cair ainda mais ao serem reclassificadas, passando a ter um peso menor no índice.

Investidores têm cerca de 850 bilhões de dólares acompanhando ambos o Russell 1000 e o Russell 2000, de acordo com o diretor de estratégias para mercados do ConvergEx, Nicholas Colas, com a maior parte deste dinheiro empregada nos nomes de menor capitalização.

Aproximadamente 400 ações serão afetadas pelo anúncio, sendo adicionadas a um índice, removidas, ou transferidas de um para outro, de acordo com expectativas dos analistas.

O FTSE Russell reconstitui seus índices uma vez por ano.

Por Chuck Mikolajczak

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below