Protesto de parlamentares democratas sobre armas vira sensação nas redes sociais

quinta-feira, 23 de junho de 2016 19:53 BRT
 

(Reuters) - Um blecaute de câmeras de televisão na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos durante o protesto a favor do controle de armas feito por parlamentares democratas pode ter estimulado o interesse público no protesto, uma vez que forçou os protestantes a usar as redes sociais para transmitir sua mensagem.

Os democratas saltaram sobre o Facebook Live e o Periscope, do Twitter após as câmeras, controladas pela Casa, terem parado de funcionar na quarta-feira quando o presidente da Casa e líder republicano Ted Poe declarou que a Câmara não estava em ordem durante o protesto.

Com os democratas adotando formas alternativas de transmissão, a mensagem ganhou um tremendo impulso nas redes sociais. No Twitter, as hashtags #NoBillNoBreak e #HoldTheFloor foram mencionadas pelo menos 1,4 milhão de vezes.

Dos quase 20 membros do Congresso dos EUA que permaneceram no protesto durante a noite, 20 deles utilizaram o Facebook Live para um total conjunto de 3 milhões de visualizações.

"Isso realmente conectou as pessoas lá fora", disse o parlamentar Scott Peters à Reuters. "Todo este fenômeno (transmissão ao vivo) atingiu um nervo".

(Por Amy Tennery; reportagem adicional por Angela Moon e Susan Cornwell)