Lindsay Lohan protesta contra #Brexit, mas Elizabeth Hurley dorme tranquila

sexta-feira, 24 de junho de 2016 19:35 BRT
 

Por Angela Moon

NOVA YORK (Reuters) - Lindsay Lohan viralizou nas redes sociais nas primeiras horas desta sexta-feira. Contudo, desta vez, as suas transgressões não foram o motivo.

A atriz, que é tão conhecida pelos seus problemas com a Justiça e períodos em clínica de reabilitação quanto pelos seus papeis em "Sexta-feira Muito Louca" e "Operação Cupido", da Disney, se juntou ao pânico financeiro global por causa da chamada "Brexit", a saída do Reino Unido da União Europeia, em dezenas de tuítes na manhã de sexta.

"Boa sorte com a libra. Vai levar cerca de 15 anos para vocês a valorizarem de novo #REMAIN (permaneçam) em vez disso", afirmou Lohan (@LindsayLohan) para os seus 9,3 milhões de seguidores, quando a libra começava a despencar e os mercados se davam conta do fato de que os eleitores britânicos haviam decidido que queriam sair da UE.

A Reuters contou pelos menos 31 tuítes em duas horas antes de a antiga atriz infantil, que se mudou para Londres por causa de uma produção teatral, deletar as suas reclamações anti-Brexit na manhã desta sexta.

Quando o sol raiou no Reino Unido, e a BBC declarou que a campanha Brexit seria vitoriosa, alguns dos principais talentos do país expressaram o seu desolamento.

"Eu realmente acredito que isso é uma das coisas mais devastadoras a acontecer durante o meu período de vida. Eu sinto nesta manhã um medo que eu nunca senti", disse via Twitter a cantora Ellie Goulding (@elliegoulding).

A criadora do Harry Potter, J. K. Rowling (@jk_rowling), tuítou: "eu não acho que desejei tanto mágica quanto agora".

A modelo e atriz Elizabeth Hurley, no entanto, pareceu ter dormido muito bem na manhã desta sexta. Uma foto publicada na sua conta de Twitter, @ElizabethHurley, cerca de uma hora depois de a BBC ter dados os resultados, a mostra adormecida perto do seu cachorro com a mensagem "Sonhos doces", a hashtag #Brexit e emojis de uma garrafa de champanhe e da bandeira britânica.

Antes da votação, ela havia pedido o voto pela saída da UE, postando uma foto sua nas redes sociais vestindo apenas uma bandeira britânica.

(Reportagem de Angela Moon)

 
Lindsay Lohan durante Fashion Week de Londres. 19/9/2015. REUTERS/Suzanne Plunkett