Brexit não vai mudar investimento do Google no Reino Unido, diz presidente

quinta-feira, 30 de junho de 2016 15:08 BRT
 

PARIS (Reuters) - O presidente-executivo do Conselho de Administração da Alphabet, controladora do Google, afirmou nesta quinta-feira que a decisão pela saída do Reino Unido da União Europeia provavelmente não vai levar a uma mudança nas atividades da companhia norte-americana.

"Eu creio que é improvável que o Google mude sua alocação (de recursos) por causa disso", disse Eric Schmidt durante conferência de tecnologia em Paris.

"Temos grandes operações na Irlanda, na Inglaterra, França, Alemanha e por aí vai. Nunca se sabe, mas seria difícil para mim imaginar que faríamos tal mudança."

Há uma semana, eleitores britânicos decidiram pela saída do Reino Unido do bloco europeu num referendo que abalou mercados financeiros mundo a fora.

A incerteza resultante sobre o resultado do referendo vai prejudicar os investimentos em tecnologia na Europa Ocidental este ano e no próximo, disse John Lovelock, pesquisador chefe da empresa de análise de mercado Gartner.

Schmidt defendeu um aparato regulatório europeu coerente para negócios digitais, independente do resultado das negociações entre o Reino Unido e a UE.

(Por Mathieu Rosemain)