Traficantes usam motoristas com cadastro no Uber para transportar imigrantes no México

sexta-feira, 1 de julho de 2016 17:34 BRT
 

(No texto de 30 de junho, acrescenta informação do Uber de que viagens não foram feitas pela plataforma da empresa)

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Traficantes de pessoas, que cada vez inventam formas mais criativas para burlar autoridades, começaram a usar motoristas com cadastro no Uber para transportarem imigrantes centro-americanos sem documentação pelo México até a fronteira com os Estados Unidos.

No dia 10, cinco carros que transportavam 34 imigrantes centro-americanos foram detidos enquanto viajavam em caravana entre os Estados de Zacatecas e Coahuila, no norte do México, disse Segismundo Doguin, do Instituto Nacional de Migração (INM).

Dos cinco veículos, quatro estavam vinculados ao Uber, explicou Doguin, embora não tenha ficado claro se os traficantes tinham pedido os carros pelo aplicativo da companhia para fazer as viagens, segundo ele. Os motoristas disseram que não eram donos dos carros, mas que trabalhavam como motoristas do Uber.

Por sua vez, o Uber afirmou que as viagens não foram feitas por sua plataforma.

Houve um forte crescimento neste ano no número de centro-americanos que tentam chegar ilegalmente aos EUA, tema recorrente na campanha presidencial do país, com o candidato republicano Donald Trump prometendo construir um muro ao longo da fronteira com o México para manter imigrantes fora.

Os funcionários de migração do México atribuem o aumento no número de imigrantes à busca de novas rotas para burlar os pontos de controle, utilizando novas formas de transporte.

O Uber México disse que não tem responsabilidade no ocorrido, mas que estava colaborando com as investigações. as viagens nao acontecerma pela pltaforma.

(Por Alizeh Kohari)