Interesse por IPOs de tecnologia leva preço de ação da Line ao topo de estimativa

segunda-feira, 11 de julho de 2016 14:42 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Line precificou seu IPO no topo da faixa estimativa da operação, colocando a produtora de aplicativo de mensagens instantâneas a caminho de levantar até 1,3 bilhão de dólares, em meio ao interesse dos investidores por uma rara oportunidade de investimento numa empresa iniciante no setor.

A oferta inicial de ações da Line, a maior neste ano de uma empresa de tecnologia, dá acesso a uma crescente área do setor frequentemente monopolizado por empresas de participações. A operação também acontece no momento em que a decisão de saída do Reino Unido da União Europeia gera instabilidade suficiente para levar dinheiro para a Ásia, que tem relativa estabilidade.

Empresas fechadas de tecnologia como Uber atraíram grandes investimentos nos últimos meses, mas muitos investidores interessados no setor em geral ficam frustrados com o acesso limitado a empresas dominadas por fundos de private equity.

"A listagem de ações da Line deu acesso a um setor muito controlado e percebido como de alto crescimento", disse Gavin Parry, diretor da Parry International Trading, em Hong Kong.

Controlada pela sul-coreana Naver, a Line fixou o IPO duplo em Tóquio e Nova York em 3.300 ienes por ação, ante faixa indicativa de 2.900 e 3.300 ienes. O preço avalia a empresa a 693 bilhões de ienes (6,9 bilhões de dólares).

A empresa obtém a maior parte de sua receita com jogos e venda de emojis. No prospecto do IPO, a Line afirmou que vai buscar ampliar o lucro com publicidade, mas não fez previsões.

A companhia vai estrear na bolsa de Nova York na quinta-feira e na de Tóquio no dia seguinte.

(Por Thomas Wilson and Chris Gallagher)