Site da Amazon apresenta falhas no seu maior evento anual de vendas

terça-feira, 12 de julho de 2016 13:32 BRT
 

(Reuters) - A Amazon.com afirmou ter resolvido uma falha que tornava mais difícil para os clientes adicionar produtos aos carrinhos de compras durante o "Prime Day", maior evento comercial da varejista online.

A falha, que afetou sites dos Estados Unidos e do Reino Unido da Amazon, provocou indignação em mídia social com as hashtags #PrimeDay e #PrimeDayFail em destaque nos Estados Unidos.

Amazon disse em um e-mail à Reuters que os usuários estavam enfrentando problemas ao adicionar algumas ofertas relâmpago ao carrinho, e que o problema tinha sido resolvido.

A falha foi um duro golpe para a empresa que se orgulha de sua infraestrutura tecnológica estável.

Era esperado que a liquidação de um dia, para os membros do serviço Prime de assinatura de 99 dólares por ano, gerasse até 1 bilhão de dólares em vendas, mais que o dobro da liquidação inaugural do Prime Day do ano passado, de acordo com analistas do Citi.

Ainda assim, é um número pequeno em comparação com os mais de 14 bilhões de dólares de produtos vendidos durante o festival de compras do Alibaba na China em novembro.

Uma interrupção prolongada dos serviços poderia impedir a Amazon de cumprir suas metas de vendas e empurrar consumidores para sites de outras varejistas.

(Reportagem de Siddharth Cavale, Subrat Patnaik, Supantha Mukherjeeand e Angela Moon)