Chinês pega 46 meses de prisão nos EUA por conspiração para invadir sistemas

quarta-feira, 13 de julho de 2016 19:42 BRT
 

SÃO FRANCISCO (Reuters) - Um juiz dos Estados Unidos sentenciou um homem chinês a 46 meses na prisão por ter conspirado para invadir as redes de computadores da Boeing e outros fornecedores de defesa norte-americanos, disse o Departamento da Justiça em comunicado.

Su Bin, de 51 anos, declarou-se culpado mais cedo neste ano de conspirar com outras duas pessoas na China para obter informações militares sensíveis e exportá-las ilegalmente.

(Por Dan Levine)