Allianz vê setor cibernético como motor do seguro no século 21

quarta-feira, 13 de julho de 2016 20:33 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A crescente ameaça de pirataria e o dever de proteger os dados de forma mais rigorosa vai acelerar a demanda por seguros cibernético na Europa, afirmou a seguradora Allianz nesta quarta-feira, ao lançar seu primeiro produto destinado a empresas pequenas e médias da Alemanha.

O seguro cibernético tem crescido lentamente na Europa, com menos de uma em cada 10 empresas tendo tomado medidas, disse Christopher Lohmann, diretor da região da Europa Central e Oriental na Allianz Global Corporate & Speciality (SGCS).

Mas ele acredita que uma maior consciência entre empresas e novas leis, como a que entrou em vigor na Alemanha no ano passado e as ordem para que 2 mil prestadores de infraestrutura crítica relatem violações graves, estimulem a demanda.

"Há muitas razões para acreditar que o seguro cibernético irá evoluir para o seguro contra incêndio do século 21", disse ele, acrescentando um sistema de funcionamento de TI e dados seguros são essenciais para muitas empresas e suas reputações.

Matriz de grandes corporações mundiais, a Alemanha oferece terreno fértil para hackers e os ataques a locais de produção industrial, segundo um relatório de segurança do governo.

Quarenta por cento das empresas alemãs foram afetadas por e-crimes ao longo dos últimos dois anos, segundo um estudo da consultoria KPMG em 2015, um aumento de 50 por cento sobre 2013.

(Reportagem de Caroline Copley e Klaus Lauer)