Ações da japonesa Line disparam em estreia em Nova York e Tóquio

sexta-feira, 15 de julho de 2016 15:31 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - As ações da japonesa Line Corp dispararam na estreia na bolsa de Tóquio nesta sexta-feira, apresentando também um forte desempenho no mercado em Nova York na véspera. O movimento atribuiu um valor de mercado de 8,6 bilhões de dólares para a criadora do aplicativo de mensagens de mesmo nome, no que foi considerado como o maior IPO de empresa de tecnologia até agora neste ano.

A operadora do sétimo aplicativo de mensagens mais usado do mundo foi listada primeiro em Nova York, em uma estratégia amplamente vista como um sinal de determinação para desafiar seus pares globais e, eventualmente, expandir a empresa para além do Japão e Sudeste Asiático.

Os 218 milhões de usuários ativos por mês no mundo da Line, entretanto, representam um número pequeno em comparação com o 1 bilhão de usuários do WhatsApp e dos 900 milhões de usuários do Messenger, ambos controlados pelo Facebook. O WeChat, da chinesa Tencent Holdings, tem 697 milhões de usuários.

"Estamos oferecendo o mesmo tipo de serviços de Facebook e Google, os gigantes da Internet do mundo", disse o presidente-executivo da Line, Takeshi Idezawa, a jornalistas nesta sexta-feira. "Lutar na mesma arena digital que eles é extremamente importante para nós."

As ações da Line abriram a 4.900 ienes na Bolsa de Tóquio nesta sexta-feira, 48,5 por cento acima do preço do IPO, de 3.300 ienes, graças à demanda de investidores em busca por uma rara oportunidade de investimento em uma empresa iniciante de tecnologia. As ações fecharam a 4.345 ienes.

A oferta em Tóquio ocorreu após a empresa vender cerca de 70 por cento mais ações em Nova York, que fecharam na véspera em alta de 26,6 por cento em relação ao preço do IPO e eram negociados em queda de 4 por cento nesta sexta-feira.