Amazon vai aumentar aposta no plano de recuperação digital da Itália, dizem fontes

sexta-feira, 22 de julho de 2016 15:18 BRT
 

Por Giulia Segreti

MILÃO (Reuters) - A varejista online Amazon deve anunciar nesta sexta-feira o primeiro de uma série de investimentos na Itália no valor de pelo menos 500 milhões de euros, apostando no plano do governo para ser líder em comércio digital, disseram fontes.

A Amazon vai investir 150 milhões de euros para construir um grande centro de armazenagem e logística fora de Roma, seu segundo na Itália, disse uma fonte próxima ao assunto. O novo centro, que deve ser aberto em 2016, empregará 1.200 pessoas.

Este será o maior investimento estrangeiro em TI na Itália desde que o primeiro-ministro, Matteo Renzi, anunciou em abril uma nova tática para acelerar a implantação da banda larga em todo o país. Ele contou com a ajuda de estatal Enel para colocar cabos de fibra óptica ao lado de sua rede de energia existente.

Quarta maior economia da União Europeia, a Itália é a última na UE no uso de internet, com apenas metade dos lares italianos assinando banda larga fixa.

No entanto, as compras online estão crescendo, e terão quase dobrado entre 2011 e o final deste ano, com a estimativa de Atingirem cerca de 19 bilhões de euros, de acordo com a associação nacional de comércio eletrônico Netcomm.

A Amazon tem 14 por cento do varejo online italiano, atrás do eBay, com 24 por cento, segundo a empresa de pesquisa Euromonitor International.