Brasil Plural vê operações da Cnova ainda em dificuldade, deve pesar em GPA e Via Varejo

terça-feira, 26 de julho de 2016 14:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Cnova divulgou os resultados trimestrais com operações ainda em dificuldade, destacaram analistas da corretora Brasil Plural, lembrando que a empresa já havia informado vendas abaixo do esperado em meados de julho e que os resultados completos trouxeram margem Ebitda abaixo do esperado e maiores prejuízos.

- Os analistas observaram que as operações do Brasil continuam sendo o maior peso nos resultados consolidados, com vendas encolhendo na base anual e um Ebit negativo, à medida que a companhia reestrutura suas operações no país e se prepara para ser consolidada pela Via Varejo.

- "Apesar do melhor momento de vendas, as operações da Cdiscount na França continuam a reportar fraca rentabilidade. A última linha veio vem abaixo da nossa projeção, com um prejuízo de 122 milhões de euros", notou a Brasil Plural, avaliando que isso deve pesar nos resultados do Grupo Pão de Açúcar e da Via Varejo.

- A empresa de comércio eletrônico controlada pelo francês Casino, que também comanda o GPA e a Via Varejo, registrou queda de 14,1 por cento nas vendas líquidas no segundo trimestre ante o mesmo período de 2015, ajustadas à inflação, para 665 milhões de euros, conforme dados não auditados. O Ebit operacional ficou negativo em 44 milhões de euros.

- A Cnova Brasil apresentou queda de 27 por cento nas vendas líquidas também ajustadas à inflação e excluindo ICMS, para 273 milhões de euros. O Ebit operacional ficou negativo em 41 milhões de euros.

(Por Paula Arend Laier,)