Fundador de site Gawker pede proteção contra falência

segunda-feira, 1 de agosto de 2016 15:48 BRT
 

(Reuters) - O presidente-executivo do site Gawker Media, Nick Denton, fez um pedido de proteção judicial contra credores nesta segunda-feira, segundo documentos enviados à justiça norte-americana, que citam o ex-lutador de luta livre Hulk Hogan como seu maior credor.

Denton listou ativos de 10 milhões a 50 milhões de dólares e obrigações de 100 milhões a 500 milhões de dólares em seu pedido de proteção contra falência individual na Corte de Falências do Distrito Sul de Nova York.

Hogan obteve uma decisão judicial em que o Gawker foi condenado a pagar 140 milhões de dólares por conta da divulgação de um vídeo de sexo do ex-lutador.

A Gawker Media fez um pedido de recuperação judicial em junho, depois que Hogan obteve a vitória judicial. O ex-lutador profissional acusou o site de violar sua privacidade ao publicar um vídeo em que ele aparece fazendo sexo com a esposa de seu então melhor amigo.

O bilionário do Vale do Silício Peter Thiel, membro do Conselho de Administração do Facebook, ajudou a financiar o processo de Hogan contra a Gawker e Denton.

O envolvimento de Thiel, que é atribuído a sua ira sobre as matérias do Gawker a respeito dele e seus amigos no Vale do Silício, criou alarme em círculos de mídia dos Estados Unidos sobre a perspectiva de que milionários usarem tribunais para amordaçar a imprensa.

(Por Jessica DiNapoli)