Rússia investiga alegações de fixação de preço do iPhone

segunda-feira, 8 de agosto de 2016 12:09 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - O serviço federal contra o monopólio da Rússia disse nesta segunda-feira que abriu um caso para avaliar alegações de fixação de preços em relação aos iPhones da Apple.

"O serviço antimonopólio vê sinais de violação por fixação de preço na Federação Russa nas revendedoras do iPhone da Apple, que resultaram em preços iguais para esses smartphones", disse em comunicado.

Um representante da Apple na Rússia não estava imediatamente disponível para comentários.

O órgão antimonopólio disse que abriu o caso após uma manifestação de um cidadão com informações de que preços idênticos foram estabelecidos para os modelos iPhone 6s e iPhone 6s Plus, que foram lançados em outubro de 2015 na Rússia, em 16 principais revendedoras dos produtos.

Ele disse que uma investigação mostrou que as revendedoras tinham preços idênticos e os mantinham nesse nível por certo período, incluindo outros modelos.

A MTS, uma das revendedoras mencionadas no comunicado do órgão antimonopólio, se recusou a comentar o assunto.

A Euroset, outra empresa mencionada, negou ter combinado preços dos aparelhos.

(Por Alexander Winning, Lidia Kelly e Anastasia Lyrchikova)

 
10/4/2016. REUTERS/Kai Pfaffenbach/File Photo