Cabify prepara início de operações no Rio de Janeiro em meio a Jogos Olímpicos

quarta-feira, 10 de agosto de 2016 18:51 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Cabify, empresa espanhola de transportes urbanos via aplicativo, pretende iniciar suas operações no Rio de Janeiro ainda em agosto, em meio ao furor dos Jogos Olímpicos e barreiras de regulamentação na capital fluminense.

O lançamento dos serviços da empresa na cidade, que opera em São Paulo desde junho, já estava sendo planejado, segundo o diretor de Operações da Cabify Brasil, Daniel Velazco-Bedoya, e coincidiu com a realização da Olimpíada.

Mas esse tipo de transporte ainda não foi regulamentado na cidade. Atualmente o Uber, maior rival da empresa, atua através de liminar judicial no Rio, caminho que também deve ser seguido pela Cabify caso haja oposição da prefeitura, disse Velazco-Bedoya.

Para a Cabify, existe uma incoerência entre as leis federais e municipais, o que permitiria a operação da empresa na cidade.

"O caráter da legislação municipal bate com a federal, tem um problema de jurisdição. Baseado nisso, a gente tem confiança de entrar (no mercado carioca), inclusive com o nosso time legal apresentando uma liminar", afirmou.

Velazco-Bedoya afirmou também que a Cabify está em contato com as autoridades municipais, em um esforço para que haja uma regulamentação dos serviços de transporte na cidade.

Enquanto isso, iniciou preparativos para o lançamento e anunciou que cerca de 5 mil candidatos se inscreveram para trabalhar como motoristas no Rio de Janeiro, mas ainda devem passar por processo de seleção.

Representantes da prefeitura do Rio de Janeiro não puderam ser encontrados para comentar o assunto.

Além da chegada ao Rio de Janeiro, a empresa prevê início das operações em Porto Alegre e Belo Horizonte nas próximas semanas. Na capital gaúcha, motoristas já passam por processo seletivo, informou Velazco-Bedoya.   Continuação...