Arianna Huffington deixa Huffington Post para se concentrar em startup

quinta-feira, 11 de agosto de 2016 17:54 BRT
 

(Reuters) - A cofundadora do Huffington Post Arianna Huffington disse nesta quinta-feira que vai deixar o cargo de editora chefe do site que carrega seu nome para focar na administração de seu novo empreendimento, a empresa iniciante de saúde e bem estar Thrive Global.

Huffington disse no Twitter que pensou que o Huffington Post, que fez sua estreia em 2005, seria seu "último ato", mas agora deseja se concentrar no novo empreendimento.

"A missão da Thrive Global é mudar a maneira como trabalhamos e vivemos ao acabar com a ilusão coletiva de que a exaustão é o preço necessário para o sucesso", escreveu ela.

Em junho, Huffington, 66 anos, que recentemente escreveu livros sobre problemas de saúde e relacionados ao sono, como "A Terceira Medida do Sucesso" e "The Sleep Revolution", anunciou o lançamento da Thrive Global. A empresa oferecerá serviços a companhias para melhorar o bem estar de funcionários ao fornecer treinamentos, seminários, cursos online, instruções e outros tipos de apoio.

A Verizon Communications controla o Huffington Post através da AOL, que adquiriu o agregador de notícias online norte-americano e blog por 315 milhões de dólares em fevereiro de 2011. Após a Verizon ter comprado a AOL em junho de 2015 por 4,4 bilhões de dólares, Huffington renovou o contrato para permanecer como editora chefe e presidente do site até 2019.

"Com a Thrive Global deixando de ser uma ideia e se tornando realidade, com investidores, equipe e escritórios, ficou claro para mim que eu simplesmente não conseguiria fazer jus às duas empresas", disse ela em comunicado.

(Por Malathi Nayak e Rishika Sadam)