Reguladores bancários dos EUA focam em cibersegurança após ataque à rede Swift

quarta-feira, 24 de agosto de 2016 19:57 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Reguladores norte-americanos disseram nesta quarta-feira que estão focados em riscos de cibersegurança e controle de instituições financeiras dos Estados Unidos após ataques este ano envolvendo a rede financeira global conhecida como Swift.

Em resposta a questões da deputada Carolyn Maloney, de Nova York, reguladores disseram que o Escritório Controlador de Moedas do Departamento do Tesouro dos EUA (OOC, na sigla em inglês) estava elaborando uma diretriz para mensagens entre bancos e sistemas de pagamentos de varejo.

"Como parte de atividades de supervisão em andamento, as equipes de exames no local do OOC regularmente solucionam problemas de emergência, como os recentes relatos de ciberataques envolvendo a Swift", diz a carta dos reguladores bancários, incluindo o Conselho do Federal Reserve e a Corporação Federal de Depósitos de Seguros.

A carta dizia que a diretriz atualizada seria fornecida em breve às autoridades bancárias dos Estados Unidos delineando "os controles essenciais e práticas de gerenciamento de risco que deveriam ser avaliadas como parte de uma supervisão".

Maloney disse que gostou da resposta e que se sentiu encorajada pelos passos adotados em resposta aos ciberataques envolvendo o sistema de pagamentos internacional Swift.

(Por Lisa Lambert)