Facebook e Twitter se juntam a rede para combater notícias falsas

terça-feira, 13 de setembro de 2016 20:28 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Facebook e Twitter se juntaram a uma rede de mais de 30 empresas de tecnologia e mídia para combater notícias falsas e melhorar a qualidade das informações das redes sociais, disse o grupo nesta terça-feira.

A First Draft Coalition, formada em junho de 2015, com o apoio do Google, da Alphabet, disse que criaria um código voluntário de práticas, promovendo a instrução sobre notícias dentro das redes sociais e lançando uma plataforma na qual membros podem verificar histórias questionáveis.

A plataforma será lançada até o fim de outubro, disse a diretora administrativa da coalizão, Jenni Sargent, em um e-mail.

Entre os membros do grupo estão New York Times, Washington Post, BuzzFeed News, Agence France-Presse e CNN.

O Facebook, maior rede social do mundo, com cerca de 1,7 bilhão de usuários por mês, foi criticado por seu papel na disseminação de notícias falsas e boatos. O Twitter, com cerca de 140 milhões de usuários diários, representa um papel crucial em notícias de última hora e dissemina conteúdo testemunhal.

(Por Angela Moon)