Projetista de chips ARM lança processador para carros autônomos

terça-feira, 20 de setembro de 2016 10:54 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A ARM, projetista britânica de microprocessadores, lançou nesta terça-feira um chip para carros autônomos, buscando assegurar sua fatia de mercado no centro da crescente indústria.

Comprada pela japonesa SoftBank por 32 bilhões de dólares neste mês, a ARM afirmou que o processador foi criado para aumentar a segurança de sistemas cada vez mais complexos e que pode trabalhar em uma série de aplicações, desde veículos que não precisam de motoristas a robôs médicos.

O processador Cortex-R52, que foi desenvolvido nos últimos três a cinco anos, foi licenciado pela fabricante franco-italiana de chips STMicroelectronics.

A ARM afirmou que o processador foi projetado para manter código de programação mais crítico separado, de modo a manter o funcionamento da plataforma que o executa em caso de problemas. Isso vai permitir a melhoria da segurança quando um carro ultrapassar, acelerar ou frear de repente, por exemplo.

"Se há uma parte de software crítico, temos que ter certeza de que nada poderá interferir com isso", disse John Ronco, vice-presidente de marketing da ARM.

A ARM, criada há 26 anos, fornece projetos de chips que atualmente equipam praticamente todos os celulares inteligentes do mundo, incluindo os iPhones da Apple e Galaxy da Samsung.

A empresa está se preparando para se tornar peça central da indústria que está explorando a Internet das Coisas, uma rede de dispositivos, veículos e sensores para edifícios que coleta e troca dados entre si.