Rastreamento por satélite pode evitar desaparecimento de aeronaves, dizem desenvolvedores

quarta-feira, 21 de setembro de 2016 19:27 BRT
 

BERLIM (Reuters) - As empresas norte-americanas desenvolveram um sistema de rastreamento de linhas aéreas que dizem que evitaria que aviões desaparecessem como o MH370, da Malaysia Airlines.

Em vez de enviar sinais de rastreamento para estações em solo - o que significa que a localização de aviões pode ser perdida em oceanos ou em áreas remotas - o novo sistema iria emiti-los aos satélites.

"Não importa se estiverem voando sobre o oceano, desertos, ou o Pólo Norte, todos saberemos onde o avião está", disse o presidente-executivo Daniel Baker, da FlightAware, serviço de rastreamento de voos pela internet que está trabalhando com a Aireon, que desenvolveu a tecnologia para satélites.

O sistema da Aireon colocará receptores ADS-B (transmissão automática dependente de vigilância) em satélites de órbita baixa operados pela Iridium e que devem estar operacionais a partir de 2018. O sistema foi criado para ajudar controladores aéreos a direcionar aviões de maneira mais eficiente.

O novo sistema, chamado GlobalBeacon tornará os dados de localização dos receptores baseados no espaço disponíveis para as empresas aéreas, para que possam rastrear seus aviões em praticamente tempo real, em uma ferramenta na internet.

(Por Victoria Bryan; Editing by Robin Pomeroy)