21 de Setembro de 2016 / às 22:32 / em um ano

Bancos centrais dizem a reguladores que bancos devem reforçar segurança do Swift

LONDRES (Reuters) - Os maiores bancos centrais do mundo disseram a reguladores que os bancos devem apertar a fortalecer a segurança ao redor do sistema de mensagens Swift, após o roubo de 81 milhões de dólares do banco central de Bangladesh em fevereiro.

O Fórum de Supervisão do Swift, um grupo de 10 dos maiores bancos centrais, liderados pelo Banco Nacional da Bélgica (NBB, na sigla em inglês), enviou uma atualização a reguladores financeiros solicitando que façam uma observação criteriosa dos procedimentos dos bancos, de acordo com um documento sem data publicado recentemente no site do NBB.

Instituições financeiras usam as mensagens do Swift para enviar instruções para transferências avaliadas em trilhões de dólares todos os dias.

Ladrões hackearam o sistema Swift do Banco de Bangladesh em fevereiro e enviaram instruções de pagamento fraudulentas ao Fed de Nova York, numa tentativa de roubar 1 bilhão de dólares. O Fed de Nova York rejeitou a maioria das instruções, mas 81 milhões de dólares foram pagos e não recuperados.

O Fórum de Supervisão do Swift, que também inclui o Federal Reserve e o Banco da Inglaterra disse em resposta “ao ambiente de escalada de ciberameaças” que consideraria novas medidas de segurança que os reguladores financeiros poderiam exigir que os bancos cumprissem.

Por Tom Bergin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below