Celular da Samsung emite fumaça em voo de companhia aérea indiana

sexta-feira, 23 de setembro de 2016 14:18 BRT
 

Por Aditi Shah

SÃO PAULO (Reuters) - Um aparelho celular da Samsung Electronics que estava em um compartimento de bagagem acima dos assentos em um avião de uma companhia indiana emitiu fumaça em pleno vôo nesta sexta-feira, informou o regulador de aviação da Índia, mas não houve danos e a aeronave pousou em segurança.

Passageiros a bordo de um voo da IndiGo sentiram cheiro de fumaça vindo do compartimento de bagagem e alertaram a tripulação, que viu faíscas e fumaça saindo de um Samsung Galaxy Note 2, informou a companhia aérea, de propriedade da InterGlobe Aviation, em um comunicado enviado por e-mail.

A tripulação usou extintor de incêndio no telefone e colocou o aparelho em um recipiente cheio de água, disse a companhia aérea. O voo havia partido de Cingapura e estava a caminho de Chennai.

O regulador descreveu o incidente como um incêndio suspeito, mas a companhia disse que não houve fogo.

A Samsung fez um recall de seu novo smartphone Note 7 em todo o mundo este mês devido a um defeito nas baterias, que faz com que o aparelho pegue fogo enquanto está sendo carregado ou usado normalmente, elevando os temores sobre o futuro do dispositivo.

Não houve informações sobre problemas semelhantes com o modelo Note 2, lançado em 2012.

A Samsung está avaliando o incidente desta sexta-feira, disse um porta-voz em um comunicado enviado por e-mail. "Nós estamos em contato com autoridades relevantes para obter mais informações", disse ele.

A Samsung não confirmou se o aparelho era um Note 2.