Alguns carros da Ford serão conectados a sistema de comando de voz da Amazon

segunda-feira, 3 de outubro de 2016 16:38 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Alguns proprietários de veículos Ford em breve poderão aumentar a temperatura de suas casas a partir de seus carros, ou ligar seus automóveis a partir de seus escritórios usando o serviço de voz Alexa, da Amazon.com.

A Ford Motor disse que três modelos, o Focus Electric, Fusion Energi e o C-Max Energi poderão se comunicar com eletrodomésticos inteligentes, até o fim do ano, usando o Alexa a partir de um botão de reconhecimento de voz no volante.

Os clientes poderão enviar instruções para seus veículos Ford de dentro de casa usando o dispositivo Echo, da Amazon e o Alexa, um "assistente inteligente" similar à Siri, da Apple, que permite que os usuários acessem serviços na internet e interajam com outros dispositivos a partir de comandos de voz.

Os proprietários dos veículos também poderão enviar comandos simples através do Alexa para eletrodomésticos e sistemas inteligentes.

A parceria entre Ford e Amazon foi anunciada no Consumer Electronics Show, em janeiro. Os planos de produção foram compartilhados na semana passada com a Reuters durante uma demonstração do serviço no Centro de Pesquisa e Inovação da Ford em Palo Alto, Califórnia. Um porta-voz da Ford disse que o serviço entrou em fase final de testes com a Amazon antes do lançamento planejado no fim do ano.

Dentre as funções que o Alexa pode ter estão a capacidade de pré-estabelecer a temperatura em casa, checar os sistemas de segurança ou acender as luzes da rua de dentro do carro. Usando o Echo em casa ou no escritório, usuários podem ligar o veículo, travar ou destravar as portas e checar o intervalo de abastecimento, após inserir um código de segurança.

Alexa também pode ser usado para atualizar listas de compras, obter previsão do tempo, verificar compromissos e escolher músicas para tocar no carro.

(Por Paul Lienert e Alexandria Sage)