Site de grupo republicano é atingido por vírus ligado à Rússia, diz pesquisador

quinta-feira, 6 de outubro de 2016 17:11 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Um site do Partido Republicano dos Estados Unidos que vende adesivos e outros materiais de campanha está entre os milhares de sites infectados por um vírus que rouba números de cartões de crédito e envia os dados para um servidor na Rússia, afirmou um pesquisador holandês da área de segurança.

A página do site do Comitê Senatorial Republicano Nacional (NRSC, na sigla em inglês) que vende adesivos, camisetas e bonés de beisebol foi infectada com um vírus difícil de detectar que coleta todas as informações enviadas nos pedidos, incluindo nomes, endereços, números de cartão de crédito e produtos adquiridos pelos compradores, de acordo com o pesquisador, Willem de Groot.

De Groot, cofundador da empresa holandesa de varejo online Byte, disse que descobriu a infecção após conduzir uma varredura para encontrar sites infectados com o vírus.

"Eu não acho que isso tenha sido um ataque com um alvo específico", disse de Groot à Reuters.

O NSRC retirou do ar o site nesta quinta-feira e reconheceu que havia sido visado por uma "operação de clonagem".

A porta-voz do NRSC, Andrea Bozek, disse que um fornecedor descobriu "um problema ontem que afetou um número extremamente pequeno de apoiadores".

"O problema foi consertado imediatamente e estamos entrando em contato com os afetados", disse ela em comunicado, sem dar detalhes.

(Por Jim Finkle e Toby Sterling; reportagem adicional por David Morgan)