Ação da Apple tem maior alta desde dezembro com crise enfrentada por Samsung Note 7

segunda-feira, 10 de outubro de 2016 18:48 BRT
 

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - As ações da Apple subiram nesta segunda-feira, alcançando o maior nível desde dezembro do ano passado, depois que a rival Samsung Electronics interrompeu a produção do celular Galaxy Note 7 após relatos de fogo nos aparelhos.

Os relatos de fogo nos smartphones que deveriam substituir aparelhos da marca que tinham sido alvo de recall por causa da possibilidade de explosão podem ser um desastre para a Samsung e bonança para a Apple.

As ações da Apple subiram 1,7 por cento e ficaram entre as principais influências de alta do S&P 500 nesta segunda-feira.

"Acreditamos que os problemas em andamento do Note 7 podem ajudar o mercado a preferir a Apple", disse Kulbinder Garcha, analista do Credit Suisse. Ele estimou que um ganho de 5 por cento de participação no mercado de smartphones topo de linha pode ajudar o lucro por ação da Apple a subir até 7 por cento.

Desde meados de setembro, as ações da Apple acumulam valorização de cerca de 13 por cento em meio o otimismo sobre a demanda pelo iPhone 7 recém lançado.

A Samsung é a maior fabricante de smartphones do mundo em volume, com participação de cerca de 23 por cento. A Apple tem cerca de 12 por cento, segundo a empresa de pesquisa IDC.

(Por Noel Randewich)