Visa foca em produtos para fidelizar clientes e agilizar compra de olho no varejo no Brasil

terça-feira, 11 de outubro de 2016 16:18 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bandeira de cartões Visa tem cada vez mais focado em produtos para fidelizar consumidores e agilizar o processo de compra no Brasil, conforme busca expandir sua rede de clientes no varejo, dentro da estratégia da companhia norte-americana.

A empresa está oferecendo a clientes de varejo no Brasil uma ferramenta dá opção aos consumidores para usarem seus pontos de programas de fidelidade em compras do dia a dia, sem que precisem depender de um único catálogo de produtos para troca. Enquanto isso, a bandeira tem ampliado parcerias em programa que agiliza compras de comércio eletrônico e em novembro, lançará no país sistema para agilizar o pagamento de conta em restaurantes.

"Há varias soluções disponíveis no mercado brasileiro, algumas com clientes já as utilizando e outras com processo comercial adiantado", disse o diretor executivo de vendas e soluções para o comércio da Visa no país, Renato Rocha.

As ações da Visa acontecem tendo como pano de fundo um ambiente desafiador para o varejo brasileiro, mas com melhora na confiança de consumidores e expectativa de começo de uma retomada da economia brasileira no próximo ano.

"O momento é super oportuno, mas trata-se de um coincidência boa de fatores", disse Rocha, destacando que já havia o plano na companhia para desenvolver as ferramentas.

Dados da Abecs, associação do setor de meios eletrônicos de pagamento, mostram que as compras pagas com cartões de crédito e débito no Brasil no primeiro semestre somaram 546 bilhões de reais, alta de 7,2 por cento ante igual período do ano passado. A expansão, contudo, vêm desacelerando nos últimos semestres.

SEM FILA

No caso do projeto de restaurantes, em que o usuário do aplicativo restorando.com pode pagar pela refeição automaticamente, sem precisar pedir a máquina de cartões ao garçom, a empresa está promovendo um piloto que conta com quatro restaurantes cadastrados, mas o plano é chegar ao final deste ano com 30 estabelecimentos parceiros da solução nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

Já no fronte das redes de fidelidade, mercado disputado por empresas como Smiles e Multiplus, Rocha afirmou que a Visa abordou "todo mundo que tem programa de pontos" para oferecer a solução e que já tem conversas adiantadas para implantar o serviço.