LVMH diz que não fará negócios com a Amazon

terça-feira, 11 de outubro de 2016 17:09 BRT
 

(Reuters) - O grupo de produtos de luxo LVMH disse que não fará negócios com a Amazon "de jeito nenhum", mesmo que a varejista online esteja interessada em adotar produtos de marcas mais caras.

A Amazon atualmente vende principalmente as chamadas marcas de "luxo acessível", como Michael Kors, Calvin Klein e Kate Spade, mas a LVMH disse que não acha que seja uma plataforma apropriada para suas marcas de luxo.

"Nós acreditamos que o negócio da Amazon não combina com a característica da LVMH e não combina com nossas marcas", disse o diretor financeiro da LVMH, Jean-Jacques Guiony, em uma conferência telefônica com investidores nesta terça-feira, após o grupo anunciar inesperadamente robustas vendas trimestrais.

"Não faremos negócios com eles de jeito nenhum no momento".

A Amazon tem ampliado as vendas de artigos de moda, jóias e relógios no varejo nos últimos anos, mas não conseguiu atrair importantes marcas de luxo, uma vez que estão preocupadas com a apresentação dos produtos pela varejista norte-americana e descontos que poderiam prejudicar suas imagens.

(Por Astrid Wendlandt)