Samsung vai compensar fornecedores de componentes do Galaxy Note 7

terça-feira, 18 de outubro de 2016 10:34 BRST
 

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics afirmou nesta terça-feira que vai compensar fornecedores de componentes pela descontinuação do Galaxy Note 7 e vai avaliar a entrega de encomendas de outros aparelhos para amortecer o impacto do cancelamento do produto.

A maior fabricante de celulares inteligentes do mundo afirmou que vai pagar totalmente pelos componentes não usados na produção do Note 7 que já foram produzidos, compensar fornecedores pelos componentes não terminados e pagar pelos materiais comprados para a produção das peças do aparelho.

"A Samsung vai determinar os níveis de estoque das companhias parcerias e promover compensações rapidamente", disse a companhia em comunicado, sem citar o quanto espera pagar.

A decisão veio depois que o governo da Coreia do Sul e autoridades do banco central do país expressaram preocupações sobre o potencial impacto da crise gerada pelas falhas do Note 7 sobre a economia sul-coreana. Um vice-ministro de Finanças do país afirmou que a crise poderá prejudicar a economia durante o terceiro e quarto trimestres deste ano.

Apesar de a maior parte dos celulares da Samsung ser produzida fora da Coreia do Sul, a companhia é um cliente importante de fabricantes sul-coreanos de componentes eletrônicos.

Na semana passada, a Samsung anunciou o encerramento das vendas do Galaxy Note 7 menos de dois meses depois do lançamento do aparelho, uma decisão que a companhia prevê que vai custar 5,5 bilhões de dólares em lucro operacional entre o terceiro trimestre e os três primeiros meses de 2017. O aparelho foi alvo de recalls pela empresa depois de relatos de explosão e fogo na bateria.

(Por Se Young Lee)