Ciberataque WannaCry é elevou ações de empresas de cibesegurança

sexta-feira, 19 de maio de 2017 18:34 BRT
 

SAN FRANSCISCO (Reuters) - Para Kris Hagerman, presidente-executivo da empresa de segurança cibernética Sophos, a semana passada poderia ter sido ruim. O ciberataque global atingiu alguns hospitais do seu cliente, o serviço britânico de saúde, forcçndo-os a redirecionar ambulâncias e cancelar cirurgias.

Mas na segunda-feira, três dias depois do ataque, as ações da Sophos registraram alta de mais de 7 por cento atingindo um recorde e subiram ainda mais na quarta-feira após a companhia elevar suas previsões financeiras.

Como para a maioria das outras empresas de cibersegurança, o ataque cibernético amplamente noticiado, é bons para os negócios, embora especialistas dizem que tais ataques destacam as falhas da indústria.

A Sophos não foi a única companhia cuja as ações subiram na segunda-feira, quando a escala global do WannaCry se tornou aparente. Tanto as ações da FireEye quando da Qualys registraram alta de mais de 5 por cento.

Mas a Sophos se destacou, impulsionada por expectativas maiores com um produto que a empresa introduziu no ano passado para combater vírus ransomware - como o WannaCry - que funcionou nos hospitais que o haviam instalado.

(Por Joseph Menn)