Motorola avalia cisão de unidade de celulares; ações disparam

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008 13:46 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - As ações da Motorola subiam mais de 10 por cento nesta sexta-feira após a companhia ter anunciado que avalia a cisão de sua unidade de telefonia celular, a maior da companhia.

A terceira maior fabricante de telefones celulares do mundo, que tem perdido espaço para a líder Nokia e a Samsung Electronics, anunciou na quinta-feira que estava buscando um "realinhamento estrutural e estratégico" para ajudar a retomar sua participação de mercado e aumentar o rendimento dos acionistas.

A Motorola informou no mês passado que espera um ano desafiador e desfez a promessa de fazer com que a unidade de celulares tenha lucro em 2008.

Às 13h38 (horário de Brasília), os papéis --que perderam cerca de 55 por cento de seu valor desde meados de outubro de 2006-- disparavam 10,2 por cento, a 12,70 dólares, após alguns analistas terem aumentado o preço-alvo das ações da companhia.

Além disso, a alta foi impulsionada após o Citigroup ter elevado o rating da ação de "manter" para "compra" depois da notícia.

"Nós vemos isso como um sinal de que a administração está comprometida com o valor do acionista", afirmou o analista do Bank of America Tim Long, que relatou ter aumentado o preço-alvo da ação para 15 dólares, ante os 12 dólares anteriores.

O analista Philip Cusick, do Bear Stearns, estimou a unidade de telefonia móvel em 6 bilhões de dólares, e disse que o valor pode dobrar se mantiver sua participação de mercado em cerca de 10 por cento.

(Reportagem de Sinead Carew)

REUTERS AS AC