Motorola abandona produção de celulares em Cingapura

quarta-feira, 2 de abril de 2008 10:36 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - A Motorola informou na quarta-feira que vai parar de produzir celulares em Cingapura até o final do ano, decisão que resultará na perda de 700 empregos.

O plano foi decidido após uma "revisão estratégica das operações de negócios, que incluiu um corte global anunciado anteriormente de 500 milhões de dólares em custos", informou uma porta-voz da Motorola, à Reuters.

A companhia norte-americana continuará mantendo sua sede para a região Ásia-Pacífico em Cingapura, onde ainda tem unidades trabalhando em pesquisa e desenvolvimento de software, informou a empresa.

"Aproximadamente 700 funcionários permanentes da Motorola em Cingapura serão impactados", informou a porta-voz.

A empresa informou na semana passada que vai se dividir em duas companhias negociadas em bolsa em 2009 para separar a deficitária divisão de celulares do restante dos negócios da Motorola que incluem decodificadores de televisão e equipamentos de rede.