Google oferecerá compartilhamento de vídeo para executivos

terça-feira, 2 de setembro de 2008 09:54 BRT
 

Por Eric Auchard

SAN FRANCISCO (Reuters) - O Google está acrescentando uma ferramenta de comunicação em vídeo, semelhante ao YouTube, ao seu pacote de aplicativos de negócios, com a intenção de tornar o compartilhamento de vídeo entre funcionários de escritórios tão fácil e simples como trocar e-mails ou mensagens instantâneas.

Diferentemente do YouTube, que é destinado a consumidores, o Google vídeo para negócios é criado para ser compartilhado entre usuários designados entre um domínio de rede interna de uma organização, protegendo palestras de executivos, treinamento de produtos, reuniões de vendas ou outras mensagens de vídeo de empregados de publicação não autorizada fora da companhia.

A ferramenta está sendo incorporada ao Google Apps Premier Edition, que custa 50 dólares por usuário ao ano por um pacote com programas para negócios, e-mail, agenda e possibilidades de criação de sites.

"O que o YouTube fez no mundo do consumidor o Google Video para negócios irá fazer para as empreas", disse Matthew Glotzbach, diretor de produtos da divisão de negócios do Google, a unidade responsável pelo Google Apps.

Diferentemente de serviços de videoconferência, que requerem programas e instalações especiais em escritórios, os usuários do Google Video para negócios podem simplesmente trocar endereços na Internet para ver vídeos à medida que os vídeos são disponibilizados a partir de computadores do Google.

"É para qualquer um que diz 'eu não lembro como fazer aquele procedimento"', disse a analista de Pesquisa de Núcleo Rebecca Wettemann. "O Google Vídeo para negócios traz de volta parte do contexto com o qual nós perdemos contato ao nos comunicarmos por e-mail ou comunicadores instantâneos."

E diferentemente do YouTube, que tipicamente limita os vídeos a menos de 10 minutos, o Google Video para negócios pode ter vídeos de uma hora ou mais. A companhia também desenvolveu um serviço automado que identifica as transições de cenas e cria formas rápidas de pular segmentos especiíficos de um vídeo.

Administradores podem dar aos usuários a opção de fazer o download de vídeos para ver fora da Internet ou em dispositivos móveis. A ferramenta oferece três gigabytes de armazenamento de vídeo para o usuário do Google Apps Premier.

Os vídeos podem ser vistos em qualidade standard ou em formato de alta-resolução, dependendo da capacidade da rede. Também é possível designar usuários incorporados da Apple e do iPhone, disse o Google.