Pessoas preferem redes sociais ao telefone, mostra pesquisa

quarta-feira, 2 de julho de 2008 17:43 BRT
 

ROMA (Reuters) - As redes sociais na Internet e a televisão online parecem destinadas a substituir o "velho" telefone fixo de casa e o televisor tradicional, de acordo com uma pesquisa sobre os costumes dos consumidores dos serviços de banda larga.

Um estudo encomendado à empresa de telecomunicações Juniper Networks e feito entre 5 mil usuários de banda larga na França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido em abril mostra que os consumidores preferem a Internet aos métodos tradicionais no que diz respeito a lazer, informações e comunicação.

Para 24,8 por cento dos entrevistados, os sites de redes sociais, como Orkut e Facebook, representam um ótimo canal para manter contato com amigos e parentes, enquanto para 37,5 por cento esse serviço deve se tornar ainda mais importante no futuro.

Quem perde com isso são os meios de comunicação tradicionais: para 41,7 por cento, o serviço de telefonia fixa está destinado a perder importância ao longo do tempo.

Entre os usuários ouvidos, 61,3 por cento acreditam que a televisão pela Internet será cada vez mais importante, enquanto 35,6 por cento pensam que a televisão tradicional será cada vez menos relevante.

Os dados colocam em atenção as empresas prestadoras de serviços tradicionais de telecomunicações, que sofrem crescentes pressões para identificar novas fontes de rentabilidade diante da diminuição da receita dos serviços de voz.

"Analisando o cenário desenhado por essa pesquisa, os provedores de serviços devem, inevitavelmente, encomendar uma infra-estrutura de rede de grandes proporções", disse Paul Gainham, diretor de marketing da Juniper para a região Europa, Oriente Médio e África.

(Por Diana Paola)