Microsoft ampliará serviço online para empresa de qualquer porte

segunda-feira, 3 de março de 2008 10:44 BRT
 

Por Daisuke Wakabayashi

SEATTLE (Reuters) - A Microsoft, diante de rivais na Web que estão tentando roubar seus clientes empresariais, anunciou no domingo que planeja ampliar a disponibilidade de seus serviços online de email e software de colaboração.

No ano passado, a Microsoft criou programas que oferecem serviços por assinatura do programa de email empresarial Exchange e do software de colaboração SharePoint, hospedados nos servidores da empresa, como alternativa para clientes que não desejam investir em hardware próprio e em licenças de software para as máquinas de suas redes.

A Microsoft inicialmente limitou esses serviços a empresas com mais de cinco mil funcionários, mas anunciou agora que passará a oferecê-los a companhias de qualquer tamanho a partir da segunda metade deste ano, depois de um período de teste. O grupo não revelou que preços cobrará dos usuários por esses serviços.

Também começou a oferecer download gratuito de um software chamado Search Server 2008 Express, que permite que empresas busquem arquivos e documentos em suas redes. O produto competirá com o Search Appliance, do Google .

A Microsoft planeja anunciar a estratégia em um discurso do presidente de seu conselho, Bill Gates, na segunda-feira, durante uma conferência sobre o SharePoint, um de seus aplicativos de mais rápido crescimento, que permite que funcionários em escritórios troquem documentos e planejem projetos em sites seguros.

Os serviços via Web estão ganhando popularidade entre os clientes empresariais, porque as empresas não precisam fazer um grande investimento inicial na compra e manutenção de poderosos servidores.

Em lugar disso, elas podem alugar espaço nos servidores de um provedor, pagando uma taxa mensal, e com, isso evitar envolvimento em contratos empresariais longos como os que a Microsoft impõe para muitas de suas principais ofertas de software.

O sistema também permite que empresas de menor porte ganhem acesso a aplicativos normalmente reservados a companhias maiores.   Continuação...