3 de Dezembro de 2007 / às 16:03 / em 10 anos

China diz que fotos da Lua não foram copiadas da Nasa

PEQUIM (Reuters) - A China desconsiderou rumores publicados na Internet de que a primeira foto da Lua feita por uma sonda enviada pelo país é um plágio de imagens produzidas pela agência espacial norte-americana, a Nasa, publicou a mídia local nesta segunda-feira.

A China lançou sua primeira sonda lunar, a Chang‘e 1, em outubro e divulgou na semana passada uma foto que mostra uma superfície lunar salpicada de crateras, chamando a missão de “sucesso completo”.

Mas alguns internautas chineses têm questionado a originalidade da imagem depois de compará-la com uma foto da superfície lunar quase idêntica produzida pela Nasa em 2005.

“Não há absolutamente nenhuma fraude”, disse Ouyang Ziyuan, cientista-chefe da sonda lunar chinesa, segundo a Beijing News.

As imagens chinesa e norte-americana parecem similares apenas porque foram feitas na mesma área do hemisfério sul da Lua, disse Ouyang.

“Mas um exame cuidadoso mostrará algumas diferenças pequenas”, disse o cientista.

Há duas crateras em um certo ponto da foto chinesa, mas há somente uma na foto da Nasa, informou a Beijing News citando o pesquisador.

“Talvez porque a resolução da foto americana não foi alta o bastante ou uma nova cratera pode ter sido criada por um asteróide batendo na Lua entre 2005 e 2007”, disse Ouyang.

“Eu entendo as dúvidas dos internautas. Eles esperam que a sonda chinesa se saia bem e por isso não querem que a foto seja considerada falsa”, afirmou o cientista.

Uma imagem em três dimensões da superfície da Lua feita pela Chang‘e 1 foi liberada no domingo e alguns dados coletados pelo satélite chinês serão divulgados ao público, informou a Beijing News.

A China tem um ambicioso programa espacial para obter benefícios científicos e militares e também ganhos políticos domésticos com a promoção do patriotismo.

Em 2003, a China tornou-se o terceiro país do mundo, depois da União Soviética e dos Estados Unidos, a enviar um homem ao espaço usando seu próprio foguete.

O país já lançou duas missões tripuladas e planeja uma terceira, a Shenzhou VII, no próximo ano que envolverá uma caminhada espacial.

Outras potenciais asiáticas já anunciaram planos lunares. O Japão lançou seu primeiro satélite lunar em setembro e a Índia planeja um para 2008.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below