Ação diz que IBM despejou químicos no Estado de Nova York

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008 20:43 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Vizinhos de antigas instalações da IBM no Estado de Nova York iniciaram uma ação contra a empresa nesta quinta-feira, acusando a companhia de despejar elementos químicos no ar, no solo e na água por quase 80 anos. Os efeitos seriam defeitos de nascença e câncer.

Cerca de 90 moradores de cidades do norte de Nova York como Endicott e Union afirmam que de 1924 a 2002, a IBM despejou químicos incluindo tricloroetileno e tetracloroetileno perto das instalações de Endicott, onde surgiu a gigante de computação.

As indenizações buscadas ainda não foram definidas, de acordo com a ação impetrada na corte de Broome County.

"A IBM vai se defender vigorosamente contra essas alegações que não têm mérito na ciência", disse o porta-voz Michael Maloney.

A ação é a primeira das várias planejadas contra a IBM por cerca de mil pessoas que dizem terem sido afetadas pelos químicos, disseram os advogados dos reclamantes.

A IBM surgiu em Endicott, onde construiu desde máquinas de escrever até computadores. A empresa vendeu as instalações em 2002.

(Por Dan Wilchins em Nova York e Philipp Gollner em San Francisco)