PF faz operação contra pedofilia online em 17 Estados e no DF

quarta-feira, 3 de setembro de 2008 13:50 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira operação em 17 Estados e no Distrito Federal para combater a pornografia infantil na Internet. A operação mobiliza 650 policiais para cumprimento de 113 mandados de busca e apreensão.

A investigação que resultou na operação "Carrossel 2", contou com apoio da Interpol no Brasil. Cada equipe de policiais contará com um perito criminal especialista em informática para que ocorra uma análise inicial de computadores ainda nos locais das buscas.

A legislação brasileira prevê pena de até seis anos de prisão e multa para esse tipo de delito. O material apreendido no cumprimentio dos mandatos será analisado por peritos para comprovação de crime, informou a PF em comunicado à imprensa.

A primeira fase da operação Carrossel foi deflagrada em dezembro do ano passado. Na ocasião foram cumpridos 102 mandados de busca e apreensão e houve três prisões em flagrante, informou a PF.

As investigações na primeira fase identificaram aproximadamente 200 pedófilos em mais de 70 países e a PF e a Interpol têm mantido contato com as autoridades policiais desses países para ajudar na prisão de criminosos.

A segunda fase da operação está sendo executada nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais, Pernambuco, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná, Paraíba, Goiás, Rio Grande do Norte, Pará, Bahia, Ceará e Sergipe.