Mitsubishi abandona produção de celulares

segunda-feira, 3 de março de 2008 14:00 BRT
 

Por Kiyoshi Takenaka

TÓQUIO (Reuters) - A Mitsubishi Electric afirmou que planeja deixar de atuar no segmento de produção de celulares, tornando-se a mais recente empresa japonesa a sair do mercado dominado por gigantes internacionais como a Nokia .

Diante de dura competição contra Nokia, Samsung Electronics e outros fornecedores globais que conseguem obter economias de escala, muitos fabricantes japoneses de celulares têm se retirado do mercado doméstico nos últimos anos.

A Sanyo Electric informou em janeiro que venderia sua deficitária divisão de celulares para a Kyocera por entre 40 bilhões e 50 bilhões de ienes.

"Este é um passo lógico para a Mitsubishi Electric depois de não ter conseguido lançar um aparelho de sucesso há algum tempo", disse o analista Michito Kimura, do IDC. "Mas a saída desses fabricantes japoneses não tornará as coisas melhores para os que ainda permanecem na indústria."

Com a demanda por celulares estagnando em casa, muitos fabricantes japoneses devem abandonar os negócios ou buscar fusões, dizem analistas.

A Mitsubishi Electric, que já se retirou de mercados celulares em outros países, planeja encerrar as entregas para a NTT DoCoMo, sua única cliente, até setembro.