Web nos EUA encolherá para 2 grandes empresas, diz relatório

terça-feira, 3 de junho de 2008 14:30 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Um analista de Internet de uma grande empresa de pesquisa de mercado de Wall Street sustenta em relatório que o Google e a Amazon.com serão no longo prazo as empresas vencedoras, enquanto Yahoo e IAC InterActiveCorp serão deixadas de lado e o eBay se tornará alvo de aquisição.

O analista Jeffrey Lindsay, da Sanford C. Bernstein, argumenta em relatório de 310 páginas intitulado "U.S. Internet: The End of the Beginning" ("Internet nos EUA: O Fim do Começo") que o Google e a Amazon estão melhor posicionados para enfrentar a atual redução de ritmo econômico.

"Esperamos que duas empresas continuem a apresentar fortes desempenhos, Google e Amazon", escreve Lindsay. "Tanto Google quanto Amazon.com ainda estão obtendo crescimentos anuais na faixa dos 30 a 40 por cento, com apenas uma relativamente modesta redução em vista."

Lindsay reitera suas posições anteriores de que o Yahoo eventualmente será vendido à Microsoft e que o conglomerado de comércio eletrônico IAC seguirá em agosto com planos de se dividir em cinco.

"Razoavelmente, as empresas mais fracas estão mais longe de suas competências originais e têm operado largamente como conglomerados", diz o analista do Bernstein sobre Yahoo e IAC.

No curto prazo, entretanto, Lindsay acredita que o Yahoo verá ganhos se alcançar um acordo para passar parte de suas vendas de publicidade em buscas para o Google ou se a Microsoft retomar negociações de aquisição.

Ele argumenta que o eBay "pode potencialmente atrair interesse de um grupo semelhante à Microsoft no futuro", especialmente se o crescimento de seus principais negócios de leilões não se recuperar ou se o eBay se separar das unidades PayPal ou Skype para fazer uma transação dar certo.

Mesmo as mais fortes companhias têm fraquezas, afirma o analista. O Google ainda tem que articular uma estratégia competitiva para conseguir que seus negócios com Internet móvel tenham o mesmo nível de força de suas operações baseadas em acesso fixo.

Amazon e eBay devem provavelmente ser forçadas a pagar impostos estaduais sobre vendas. Ironicamente, cita Lindsay, isso deve vir a calhar para elas porque têm mais recursos para pagar esses impostos que empresas menores de comércio eletrônico.

REUTERS AAJ TR