AT&T vai abandonar negócios com telefones públicos nos EUA

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007 15:42 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A maior empresa de telefonia dos Estados Unidos, AT&T, afirmou nesta segunda-feira que planeja encerrar suas operações com telefones públicos até o final de 2008, à medida que mais consumidores usam telefones celulares.

A ação afeta telefones públicos da AT&T distribuídos em uma área de 13 Estados dos EUA, incluindo Califórnia e Texas. A BellSouth, que a AT&T adquiriu no final do ano passado, já saiu do negócio de telefones públicos em sua área de cobertura de nove Estados.

Os telefones públicos nos Estado Unidos têm se mostrado um segmento em declínio na indústria de telecomunicações do país, passando de cerca de 2,6 milhões de telefones em operação em 1998 para uma estimativa de 1 milhão atualmente, afirma a AT&T.

O uso de telefones públicos tem recuado na maioria dos países desenvolvidos devido à popularidade dos celulares. Mas alguns reclamam que o fim dos telefones públicos restringirá o acesso a comunicações por pessoas de baixa renda.

A AT&T viu seu lucro crescer nos últimos anos, puxado por forte venda de celulares e de serviços de acesso à Internet que compensaram queda no uso de telefones convencionais.