Pane em rede de dados da Telefônica afeta serviços em SP

quinta-feira, 3 de julho de 2008 14:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Uma pane na rede de dados da Telefônica em São Paulo está afetando serviços públicos no Estado desde a noite de quarta-feira. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, cerca de 1.300 distritos policiais estão com serviços prejudicados por conta do problema.

A Telefônica informou apenas que "uma ocorrência técnica" em alguns equipamentos está "afetando parcialmente sua rede de transmissão de dados" e que "a rede afetada atende a grandes empresas privadas e órgãos da administração pública nos âmbitos federal, estadual e municipal".

A assessoria de imprensa da secretaria de Segurança informou que "os serviços eletrônicos digitais estão fora do ar desde às 22h de 2 de julho".

Com isso, boletins de ocorrência (BO) estão sendo registrados nas delegacias, mas sua transmissão por rede de dados não está sendo feita por conta da falha. Nos casos de flagrante, o serviço de BO enfrenta lentidão, pois o trânsito de dados como informações de corpo de delito não pode ser feito pela Internet. Procurado, o governo do Estado não comentou imediatamente o assunto.

As 18 unidades do Poupatempo, central de serviços públicos do Estado onde também são feitas emissões de documentos para a população, estão "totalmente fora do ar" e a sede da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodesp) também está sem sistema, informou a assessoria de imprensa da empresa de processamento. Os centros do Poupatempo atendem em média cerca de 90 mil pessoas por dia.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirmou que não tem informação sobre nenhum problema em agências do Estado. "Por enquanto ainda não chegou nenhum relato, mas se acontecer deve ser mínimo", informou assessoria de imprensa da entidade.

Entretanto, algumas agências do estatal Nossa Caixa Nosso Banco estão paradas, informou a assessoria de imprensa da instituição, sem poder informar mais detalhes imediatamente.

O serviço Speedy de banda larga da Telefônica, que atende 2,2 milhões de assinantes em 407 cidades do Estado, "está fora do ar em todo o Estado de São Paulo e não há previsão de retorno", segundo informações passadas pela central de atendimento aos clientes.

No comunicado enviado à imprensa, a Telefônica informa que "mobilizou todo o seu corpo de engenheiros e técnicos, bem como especialistas dos fabricantes destes equipamentos, que têm trabalhado ininterruptamente no diagnóstico e no restabelecimento dos serviços afetados".

(Por Alberto Alerigi Jr.; com reportagem adicional de Rodolfo Barbosa e Eduardo Simões, Edição de Taís Fuoco)