Sony quer vender fábrica de chips gráficos para Toshiba

quinta-feira, 4 de outubro de 2007 10:34 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A Sony está em negociações com a Toshiba para vender uma unidade de produção de chips gráficos usados no console PlayStation3, localizada em Oita, no oeste do país, afirmaram fontes próximas da operação.

Este seria o mais recente passo da Sony para dispersar seus custosos ativos de semicondutores e se concentrar em produtos estratégicos, como chips com sensor de imagem usados em câmeras digitais e filmadoras.

Fontes tinham afirmado em setembro que a Sony estava negociando com a Toshiba para vender uma fábrica em Nagasaki, oeste do Japão, que produz microchips avançados, incluindo o processador Cell, apelidado de "supercomputador em chip" e usado no PlayStation 3.

A Sony, que atravessa o último ano do plano de recuperação armado pelo presidente-executivo, Howard Stringer, informou em fevereiro que vai reduzir investimentos futuros em chips e que poderá não produzir internamente a próxima geração de microprocessadores com circuitos de 45 nanômetros. Um nanômetro corresponde a um bilionésimo de um metro.

O preço de venda da unidade produtora de chips gráficos da Sony, no oeste do Japão, não estava disponível.

O jornal de economia Nikkei publicou que a Sony planeja vender a unidade de produção em Nagasaki por cerca de 100 bilhões de ienes (856 milhões de dólares).

Sony e Toshiba preferiram não comentar assunto.