Vendas mundiais de semicondutores crescem 8% em junho

segunda-feira, 4 de agosto de 2008 12:07 BRT
 

BANGALORE (Reuters) - As vendas mundiais de semicondutores cresceram 8 por cento em junho, para 21,6 bilhões de dólares, ante os 20 bilhões de dólares em igual mês do ano passado, de acordo com estudo mensal da Semiconductor Industry Association (SIA).

As vendas globais tiveram alta de 0,5 por cento sobre o mês de maio deste ano, quando o faturamento atingiu 21,5 bilhões de dólares, ajudado pelo crescimento contínuo dos mercados internacionais e por uma demanda saudável nos Estados Unidos.

Até o mês de junho, as vendas cresceram 5,4 por cento sobre o primeiro semestre de 2007, para 127,5 bilhões de dólares.

"A demanda que tem conduzido as vendas de semicondutores, especialmente para os computadores pessoais, que respondem por 40 por cento das vendas totais de chips, e os telefones celulares, que geram algo como 20 por cento do total das vendas, continuam a mostrar crescimento de dois dígitos em unidades", disse o presidente da SIA, George Scalise, em um comunicado.

Excluindo os chips de memória, as vendas de semicondutores cresceram 12 por cento ano a ano. A redução de preços nos produtos de memória contribuiu para que a receita com esse tipo de chip caísse 6 por cento no mês sobre o mesmo período de 2007, apesar do aumento nas vendas em unidades.

"A demanda da enorme população de classe média na China, Índia, Leste Europeu e América Latina tem mais que compensando os efeitos do crescimento reduzido nos Estados Unidos", disse Scalise.

"As vendas de microcomputadores nos mercados emergentes devem crescer 19 por cento este ano, mais que o dobro das taxas de crescimento nos mercados desenvolvidos", acrescentou o executivo.

(Reportagem de Esha Dey)