LinkedIn chega a acordo com canal financeiro CNBC

quinta-feira, 4 de setembro de 2008 18:39 BRT
 

BANGALORE (Reuters) - A rede CNBC acertou uma aliança com o LinkedIn através da qual o canal de notícias financeiro vai ter seu conteúdo compartilhado com os 27 milhões de membros da rede social voltada a profissionais.

A CNBC, parte da General Electric, vai integrar as funcionalidades de rede do LinkedIn ao seu website CNBC.com, permitindo aos usuários compartilhar e discutir notícias com seus contatos profissionais.

O conteúdo gerado na comunidade, como pesquisas e fóruns de discussão, serão divulgados pela CNBC, enquanto esta vai prover o LinkedIn com sua programação, artigos e blogs, assim como dados financeiros e vídeos.

O acordo é o último em uma série de alianças do LinkedIn, na medida em que este tenta conquistar usuários do rival de maior porte Facebook, cuja base de usuários vai de universitários a adolescentes e profissionais corporativos.

Em julho, o LinkedIn acertou um acordo publicitário com o New York Times. Em junho, ele levantou 53 milhões de dólares junto a um grupo de investidores liderado pela empresa de private equity Bain Capital.

No ano passado, a rede social também fechou acordo com a revista BusinessWeek que permite aos leitores da revista, ao clicar sobre o nome de uma companhia em um artigo, saber quais membros do LinkedIn naquela empresa estão conectados naquele momento.

(Reportagem de Saumyadeb Chakrabarty)